Quinta-feira 5 de Setembro de 2013

GT 4 : Análise do risco e instrumentos de ajuda à decisão

Neste grupo de tarefas os parceiros FORRISK vão tentar desenvolver instrumentos de análise do risco e de ajuda à decisão para os profissionais florestais através do desenvolvimento de métodos para análise, de modelos que simulam os riscos e da cartografia dos diferentes riscos florestais.

Acção 4.1 : Análise do risco

Objectivo :

Testar e criar métodos para a análise dos riscos existentes nas regiões pertencentes ao projecto

Mapa de zonas estudadas infectadas por Gonipterus platensis em Portugal (Fonte ISA)
Mapa de zonas estudadas infectadas por Gonipterus platensis em Portugal (Fonte ISA)

Implementação :

Estimação dos riscos

  • Ligados aos solos (erosão, perda de fertilidade, éco-toxicidade)
  • Tempestades
  • Incêndios
  • Bióticos (ex : crescimento da Armillaria no Pinheiro Bravo, do Fomes no Douglas)

Cartografia

  • Do risco de Gonipterus platensis no Eucalyptus
  • Das tempestades na Aquitânia e no País Basco

Utilização de imagens satélites para analisar as deteriorações das florestas

Acção 4.2 : Instrumentos de modelização

Objectivo :

Criar modelos de riscos (propagação, estragos) que afectam as áreas do projecto

Implementação :

  • Criação de modelos de gestão multi-funcional para o Pinus pinaster e o Pinus radiatia que incluem a gestão do risco de incêndio
Ninhos de lagarta rolante processionária (Fonte INRA Bordéus)
Ninhos de lagarta rolante processionária (Fonte INRA Bordéus)
  • Modelização do risco sanitário causado pela lagarta do pinheiro à escala regional
  • Modelização do risco sanitário causado pelo fomes à escala da povoação
  • Produção de um modelo de probabilidade de resistência ao vento dependendo do tipo de sistemas agro-florestais utilizados

Acção 4.3 : Instrumentos de ajuda à decisão

Objectivo :

Utilização de sistemas específicos para comparar várias opções agro-florestais, integrando todos os riscos em todas as regiões

Implementação :

  • Criação de um grupo de peritos em cada região
    Incêndio florestal (Fonte CRPF Aquitânia)
    Incêndio florestal (Fonte CRPF Aquitânia)
  • Definição das povoações padrão que servem de apoio às avaliações
  • Identificação das opções de gestão típica das florestas seleccionadas
    Estragos causados pela tempestade Klaus nas Landes (Fonte CRPF Aquitânia)
    Estragos causados pela tempestade Klaus nas Landes (Fonte CRPF Aquitânia)
  • Cada perito classifica as suas opções de gestão de acordo com a sua eventual limitação dos riscos
  • Análise da percepção de risco pelos proprietários florestais
Participez à la vie du site !